Brasil Sorridente, o recurso gratuito disponível  para melhorar a saúde bucal da população

Você sabia que é possível obter um implante dentário gratuito através do SUS? A realização deste implante só é possível graças ao projeto Brasil Sorridente.

E se você gostaria de saber mais sobre como ter esse acesso, quem teria o devido direito, como e quais são os cuidados após essa realização, continue esta leitura.

Anualmente, o programa Brasil Sorridente ajuda centenas de brasileiros a conseguirem recuperar a sua qualidade de vida.

Essa ajuda é por meio de uma mastigação mais eficaz, ter muitas oportunidades através de um super sorriso, e ter a auto estima lá em cima e sensações mais prazerosas quando o assunto for as relações pessoais.

Saiba mais a fundo o que é o programa Brasil Sorridente

O programa Brasil Sorridente teve origem no ano de 2003, por meio do Ministério da Saúde.

Sem dúvida alguma, ele tem auxiliado muito no tratamento odontológico de grande parte da população brasileira, principalmente as de mais baixa renda.

Dessa forma, como já é de conhecimento público, devido ao alto custo, nem todas as pessoas conseguem ter acesso a esses tratamentos dentários, o que pode causar uma grande impacto, de forma direta na:

  • Qualidade de vida dessa pessoa;
  • A vida profissional;
  • E também nas relações interpessoais.

Resumindo, para ajudar principalmente a população mais carente, o programa Brasil Sorridente fornece procedimentos odontológicos por meio do SUS, que é de forma totalmente gratuita.

 

Como posso participar do programa Brasil Sorridente?

Todos os brasileiros têm o direito de participar do programa de forma gratuita. 

Pois é um direito oferecido pelo governo. Porém, se trata de um direito que está sujeito a sua disponibilidade.

Dessa maneira, não são todos os municípios que fornecem esse programa, por duas simples razões:

  • Falta de profissionais capacitados
  • Falta de estruturas para atendimento.

Desse modo, é necessário que você veja primeiramente se o serviço que está disponível em sua região e em seguida dê prosseguimento a todos os outros passos.

Onde posso obter informações sobre a disponibilidade do programa Brasil Sorridente?

Para que você possa obter mais informações acerca da disponibilidade do programa no local onde reside, é bem simples, basta entrar em contato com algum posto de saúde médico da região.

Ou melhor dizendo, é só você comparecer a uma unidade básica de saúde da sua região, mais conhecida como o “postinho de saúde”, e levar o seu documento de identificação, como o RG e o seu cartão do SUS.

Desta forma, caso o programa esteja disponível em sua cidade, o próximo passo a se fazer é marcar a sua primeira consulta com o dentista profissional e fazer a primeira avaliação dos dentes.

A avaliação terá como objetivo dar o devido direcionamento para o tratamento, caso seja necessário.

Vale lembrar também que, por conta da alta demanda devido a enorme quantidade de pessoas que necessitam realizar um tratamento odontológico, inclusive um implante dentário, pelo SUS.

Por esta razão, quando chegar para dar entrada no procedimento, pode ser que já haja uma certa fila de espera para esta realização.

Dessa forma, apesar desta situação, em relação à falta de disponibilidade em algumas regiões, o programa Brasil Sorridente ainda é considerado a melhor opção para quem deseja tratar dos dentes.

E melhor dizendo, colocar implante dentário de forma totalmente gratuita, ou seja, sem gastar um centavo do próprio bolso.

Bom, acho que já conseguimos deixar bem claro o que é, como funciona e como conseguir ter acesso ao programa Brasil Sorridente.

Agora iremos te explicar as possíveis complicações que poderão surgir, o que é relativamente normal, pois ainda se trata de uma cirurgia, e explicaremos também quais deverão ser os cuidados necessários para esse processo.

Complicações e problemas que na maioria das vezes podem surgir após a realização de um implante dentário.

Infelizmente os dentes permanentes de uma pessoa, que por acaso teve uma perda ou dano sério que levou à isso, não são capazes de se recuperar por conta própria, pois necessitam de substituição artificial.

Resultando na violação da função mastigatória e causando não só danos relacionados ao sistema digestivo, mas também afeta de forma totalmente negativa a qualidade de vida em geral da pessoa. 

Para ter a restauração estética e normal da mastigação dos alimentos, os dentistas aprenderam a utilizar os primeiros implantes dentários, mesmo que ainda primitivos.

Antigamente, eram feitos de madeira, porcelanas, metais diversos, e outros materiais que estavam disponíveis no final do século XVIII e início do século XIX. 

Portanto, complicações muito frequentes depois das operações de implantes dentários, forçaram os médicos a procurarem novas tecnologias e materiais que fossem mais avançados e adequados para realizar os implantes.

Após realizar o implante, as complicações podem ser precoces, que são as que se manifestam dentro de poucos dias após a cirurgia, ou tardias, que ocorrem após semanas, meses e até mesmo anos após a implantação.

Essas primeiras complicações podem incluir os seguintes sintomas:

  • Sensações dolorosas;
  • Edema;
  • Sangramento;
  • Febre;
  • Divergência das costuras.

De uma maneira geral, a dor é uma reação considerada normal do corpo em resposta à intervenção do cirurgião-dentista durante a implantação dos dentes, e essa dor começa a aparecer assim que ocorre o término da anestesia.

Os analgésicos prescritos por um médico tem como função aliviar efetivamente a dor, e então o processo de enxerto não causará muito desconforto ao paciente.

Regularmente, a dor não deve ser incômoda por mais de 2 a 3 dias, durante os quais a medicação for indicada. Se a dor permanecer durante mais tempo, este é um sinal de alarme, e requer muita atenção.

Hoje em dia , não são todas as pessoas que têm o conhecimento que lhes permite identificar o problema a tempo e conseguir direcionar a situação a seu favor de maneira oportuna.

Normalmente, os sintomas suspeitos ocorrem mais frequentemente no dia da implantação ou até mesmo no prazo de 1 ou 2 dias após a operação.

Os efeitos colaterais podem ser observados após a realização do implante e o osso da mandíbula ser construído sob ele.

O que na maioria das vezes, nem sempre irá indicar a possibilidade do desenvolvimento de uma complicação perigosa.

Geralmente haverá a presença de efeitos colaterais inofensivos que são temporários porém estão disfarçados de complicações que podem muita das vezes assustar.Como por exemplo:

  • Aumento da temperatura para 37,5 graus;
  • Sensação de peso no seio maxilar;
  • Inchaço do rosto;
  • Pequenos hematomas.

Como poderei prevenir as consequências negativas após a implantação do implante?

Observamos inúmeras regras simples, as quais você poderá reduzir o risco de complicações após o implante dentário, porém em diversos casos, acelerar o processo de enxerto do implante, tornando-o mais confortável ao paciente.

A seguir estão as regras:

  • Tome corretamente os medicamentos recomendados pelo seu médico (antibióticos, analgésicos, etc);
  • Usar com responsabilidade os enxaguatórios bucais com anti-sépticos;
  • Monitorar sensivelmente a condição dos implantes implantados e cuidar deles após a operação de acordo com o esquema prescrito pelo  seu médico;
  • Evitar fumar por pelo menos 1-2 semanas após a cirurgia, será necessário abandonar completamente este mau hábito; e em alguns casos, limitar a mastigação no lado da implantação, 
  • Bem, e claro, para evitar complicações a escolha correta da clínica odontológica ajudará 90% do problema

Além da clínica em si, não menos importante, se deve prestar mais atenção à escolha do médico que irá realizar o trabalho, pois o resultado final dependerá diretamente de suas qualificações.

No final deste artigo revelamos os problemas e quais os cuidados necessários após o implante dentário. 

Mas a boa notícia é que a taxa de falhas na realização é extremamente baixa. Especialmente nas mãos de um dentista confiável! 

> VEJA A LISTA DE PROCEDIMENTOS OFERECIDOS PELO SUS <

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.