Auxílio Brasil – Tire suas dúvidas sobre os próximos Pagamentos

Auxílio Brasil

Após o encerramento do pagamento da parcela de agosto do Auxílio Brasil, muitas dúvidas chegaram aos brasileiros, como, por exemplo, a antecipação do pagamento da próxima parcela. Pois, este mês obteve um adiantamento no pagamento.

Algumas mudanças no programa social acontecerão em decorrência da aprovação da PEC das Bondades. Uma das alterações, foi o aumento de R$ 200,00 no valor das parcelas pagas pelo Auxílio Brasil.

Ou seja, mudou o valor de R$ 400,00 para R$ 600,00 com pagamentos até dezembro deste ano. Além disso, a lista de beneficiários foi ampliada para incluir aproximadamente 4 milhões de famílias beneficiadas.

Este mês contou com os pagamentos antecipados, que deviam iniciar a partir do dia 18, mas, na verdade, iniciou no dia 9. Assim, a ação criou uma expectativa para os beneficiários do programa de que a parcela de setembro também seria paga antecipadamente.

 

No entanto, o governo não vai antecipar os pagamentos do próximo mês. O calendário já definiu a data e começará em 19 de setembro.

Afinal, o pagamento da parcela do Auxílio Brasil será antecipado em setembro?

Em primeiro lugar, até o momento, o Ministério da Cidadania não se manifestou sobre as mudanças no calendário do Auxílio Brasil. Portanto, os pagamentos devem seguir o cronograma inicial e a transferência de valores acontece na segunda quinzena do mês.

Calendário de pagamento do Auxílio Brasil de setembro

Como acabamos de conferir, embora exista a dívida por parte de muitos brasileiros, até o presente momento, não há manifestação a respeito da antecipação dos pagamentos. Assim, a parcela referente ao mês de setembro deve seguir o calendário pré-definido, confira:

 

  • Cidadãos com o número 1 no final do NIS — Pagamento no dia 19 de setembro;
  • Cidadãos com o número 2 no final do NIS — Pagamento no dia 20 de setembro;
  • Cidadãos com o número 3 no final do NIS — Pagamento no dia 21 de setembro;
  • Cidadãos com o número 4 no final do NIS — Pagamento no dia 22 de setembro;
  • Cidadãos com o número 5 no final do NIS — Pagamento no dia 23 de setembro;
  • Cidadãos com o número 6 no final do NIS — Pagamento no dia 26 de setembro;
  • Cidadãos com o número 7 no final do NIS — Pagamento no dia 27 de setembro;
  • Cidadãos com o número 8 no final do NIS — Pagamento no dia 28 de setembro;
  • Cidadãos com o número 9 no final do NIS — Pagamento no dia 29 de setembro;
  • Cidadãos com o número 0 no final do NIS — Pagamento no dia 30 de setembro.

Quem tem direito a receber o Auxílio Brasil?

Embora seja um benefício oferecido pelo Governo, o Auxílio Brasil não está disponível para todos os brasileiros. No entanto, para ter acesso ao benefício, o cidadão deve atender a alguns requisitos, e existem três possibilidades para receber os pagamentos:

 

  • Para quem já recebia o Bolsa Família: receberá o Auxílio Brasil automaticamente;
  • Para quem está no CadÚnico e não recebia o Bolsa Família: entra na lista de reserva;
  • E para quem não está no CadÚnico? Neste caso, você deve procurar o CRAS para cadastro, mas o recebimento não é garantido.

Este benefício está disponível para famílias extremamente pobres — Em situação de extrema pobreza. Famílias pobres — Em situação de pobreza — também podem recebê-lo, desde que entre os seus membros existam grávidas ou integrantes com menos de 21 anos.

Domicílios extremamente pobres são aqueles cuja renda familiar mensal per capita não ultrapassa R$ 105,00. A renda familiar mensal per capita das famílias pobres varia de R$ 105,01 reais a R$ 210,00.

Como se inscrever para receber o Auxílio Brasil?

Em primeiro lugar, de acordo com as regras, o registro acontece de forma automática pelo governo federal. Pois, são utilizadas as informações presentes nos dados do Cadastro Único. Assim, se a família estiver no sistema, mas não recebe o benefício, os dados serão enviados para a lista de espera.

Portanto, se você não estiver cadastrado no CadÚnico, precisará procurar uma vaga em um Centro de Referência de Assistência Social ou em uma prefeitura da região para se cadastrar. Em todo caso, as regras para registro no CadÚnico são:

 

  • Renda mensal não superior a meio salário mínimo por pessoa;
  • Renda bruta mensal não superior a três salários mínimos;
  • Renda superior ao valor acima, desde que a inscrição esteja relacionada a programas sociais de outros órgãos do Governo;
  • As famílias que são consideradas unipessoais, porque moram sozinhas;
  • Pessoas em situação de rua, sozinhas ou com familiares.

Como consultar o Auxílio Brasil?

Para fazer a consulta do Auxílio Brasil, você tem a disposição as seguintes opções:

Para consultar por telefone

  • Ligue para 121, falar com a central de atendimento do Ministério da Cidadania;
  • Ligue para 111, falar com a central de atendimento da Caixa.

Para consultar pelo aplicativo

  • Acesse o aplicativo gratuito Auxílio Brasil compatível com Android e iOS;
  • Acesse o aplicativo gratuito Caixa Tem, compatível com Android e iOS.

 

Fontes: Seu Crédito Digital e Notícias Concursos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.